"

Como saber se um sentimento é verdadeiro?, ouvi uma romântica perguntar para outra, em uma dessas conversas de corredor. Como estava atrasada e minhas boas maneiras estavam firmes e fortes nesse dia, passei adiante e não esperei a resposta. Mas, fiquei formulando bons argumentos e explicações quase empíricas, para o caso de alguém me fazer o mesmo questionamento em uma outra oportunidade. Então, um dia desses, aconteceu. Me perguntaram como seria possível dizer que um sentimento entre duas pessoas é verdadeiro. E eu estava preparada para duas respostas – cujos critérios de escolha seriam meu tempo disponível, minha paciência e a maturidade de quem me dirigisse a pergunta. A primeira resposta era simplista demais, mas deveria servir para um caso de pressa. Eu diria que não há como saber. Direta e rapidamente, eu diria que para cada sentimento entre duas pessoas, há um risco embutido que é necessário assumir. Você apenas mergulha e se permite sentir, apostando as fichas na possibilidade de que a outra pessoa envolvida sinta o mesmo por você – e que sinta de verdade. Acredito que essa seja uma boa resposta e, talvez, a mais praticada ao redor do mundo. Muitos não sabem ao certo se seus sentimentos por alguém são profundos, verdadeiros, imutáveis; e, muito menos, se são verdadeiramente correspondidos. Mas, mesmo assim, todos correm o risco.

Na ocasião, porém, fiquei com a segunda opção de resposta que eu havia bolado para a mesma pergunta. Eu estava inspirada e minha interlocutora tinha algum tempo livre. Então, despejei sobre ela todo o açúcar e a credulidade necessários para que levasse a sério o que eu dizia. O mesmo que digo agora, com a mesma certeza digna de um testemunho em tribunal: Quando os sentimentos são verdadeiros, a gente simplesmente sabe que são. De um modo ou de outro – ou de vários modos, na realidade – nós apenas sabemos. Quando alguém segura nossa mão, alguma coisa nos aponta se há ou não sinceridade naquele gesto. Quando alguém acorda ao nosso lado e nos faz acreditar que nossos olhos ainda inchados e pesados são maravilhosos de se ver, a gente simplesmente sabe se é sincero.

Não é naquelas sextas-feiras, em que escovamos os cabelos, usamos vestidos justíssimas e nos perfumamos com Nina Ricci para o encontro a dois, que sabemos que o sentimento é verdadeiro. Nós só descobrimos no sábado, quando o telefone finalmente toca. E quando volta a tocar no domingo, na segunda, na terça… Ou depois, quando atendemos a porta despreparadas, de camiseta surrada e short desbotado, com os cabelos desgrenhados e metade das unhas ainda por fazer, e recebemos o mesmo sorriso de admiração. É quando choramos pela primeira vez no colo do outro, quando queimamos o primeiro bolo de chocolate, quando pegamos um resfriado no fim de semana, quando tropeçamos, soluçamos ou nos engasgamos. É nas menores coisas e nos mais insignificantes acidentes do dia a dia que a gente descobre se um sentimento é verdadeiro. Naquela flor roubada do canteiro do prédio sem que o síndico perceba, naquele convite ilustre para jantar com a família, naquela música ensaiada ao violão para impressionar, naquele eu-te-amo sussurrado, de quem não precisa falar alto para falar sério, a gente sabe. A gente sempre sabe. Antes disso, é claro, a gente assume o risco e se joga do penhasco sem testar o paraquedas. E quando ele, enfim, se abre, a gente respira com alívio e percebe que aquilo é real. Então, com tranquilidade, a gente voa.

"
Anônimo
1/3/13 | 2:04pm | 0 notes

via faz-sonhar
4/1/13 | 10:42am | 66,947 notes
"Eu não quero que seus amigos saibam tudo sobre mim, só quero que quando ninguém saiba onde você está, eles digam que você - provavelmente - está comigo. Eu não quero que você ame as bandas que eu gosto, só quero que você me ligue pra dizer que ouviu uma música dela, e lembrou de mim. Eu não quero que você me dê presentes o tempo todo, só quero que em um dia aleatório, você chegue com uma margarida roubada do jardim do vizinho. Eu não quero que você fique me abraçando o tempo todo, só quero que você pegue forte na minha mão quando passa algum mal-encarado na rua. Eu não quero que você me ligue o tempo todo, só que mande uma mensagem de madrugada, dizendo que não conseguiu dormir sem mandar ela. Eu não quero que você me leve para onde você for, só quero que quando você voltar, diga que sentiu saudades. Eu não quero que você saia comigo todos os dias, só quero que em um dia qualquer você me ligue dizendo que está na portaria do meu prédio, me esperando. Eu não quero que você me faça declarações de amor, só quero que eu encontre meu nome escrito em algum canto do seu caderno de história. Eu não quero que eu seja o motivo da sua felicidade, só quero que você me diga que as coisas passaram a dar certo depois que eu apareci. Eu não quero que você me chame de apelidos como amor, linda, fofa, só quero que quando perguntem sobre mim, suas pupilas dilatem e você diga “minha pequena”" Verônica Vasconcelos.  (via ironizas)

(Source: peace-and-something-more)

via ironizas
22/12/12 | 7:50pm | 267 notes
"Você tem os detalhes mais ridículos do mundo, e eu me prendi a todos eles. Você não tem nada de encantador, não tem nada do que eu queria que você tivesse, mas mesmo assim é você que eu queria do meu lado agora, e em todas as noites frias que se aproximam, mas não eu não queria fazer amor. Eu quero você aqui pra ficar de mãos dadas comigo, ou simplesmente ouvir você tocando o seu violão, me fazer cafuné, fazer guerras de travesseiros, me provocar com seu sorriso torto, quero você pra me esconder no seu braço nos filmes de terror, quero você pra me dar sustos enquanto escovo os dentes, quero você cantando desafinado no carro, fazendo careta nas fotos, quero ouvir seus planos malucos pra essa vida insana, quero você pra discutir comigo sobre as coisas mais idiotas. Se você soubesse como eu sinto falta de você roubar o controle da tv da minha mão pra ver o jogo do seu time babaca, e como seu beijinho da minha testa me fazia me sentir protegida. Agora é quase Natal, e eu tô fazendo as compras pra fazer sua sobremesa favorita mas você não vai estar lá pra lamber a tigela, Será que ainda dá tempo de escrever pro Papai Noel? Todo mundo vai estar em casa amanhã a noite, mas eu vou estar sozinha, porque você não estará comigo. Ei, se um dia você por acaso esbarrar nesse texto, leia até o fim porque foi mais uma tentativa de dizer que eu sinto a sua falta, e te pedir: Mô, volta pra casa, a cama fica muito vazia sem você." Volta pra casa meu amor, Nathalia Moraes
22/12/12 | 7:42pm | 0 notes
"Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá." Ayrton Senna
6/11/12 | 5:20pm | 0 notes
"Ingênuo era eu, que recebia marteladas e procurava melodia nas batidas." Sean Wilhelm  (via ironica-heroina)

(Source: seanwilhelm)

1/11/12 | 11:39am | 63,683 notes
"Gosto de pessoas que conseguem me enxergar além do que eu pareço ser." Desconhecido.     (via nempense)

(Source: idealizar)

1/11/12 | 11:38am | 198,901 notes
"Com o passar dos dias percebi que toda a distância que você quis manter de mim resolveu…
Que todas as lágrimas que derramei se transformaram em sorrisos…
Que todas as noites que eu passei acordada só pensando em você transformaram-se em sonhos.
E que todo aquele sentimento que eu sentia por você sumiu da mesma forma que você quis que acontecesse desde do inicio."
    (inocentemente-amor)
1/11/12 | 11:37am | 42 notes
"As pessoas não se precisam, elas se completam, não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida." Mário Quintana   (via ironica-heroina)

(Source: hintro)

1/11/12 | 11:34am | 34,717 notes
"Ele é só um cara. E você já esqueceu outros caras antes." Tati Bernardi.   (via cerejadosundae)

(Source: iamagrainofsand)

30/10/12 | 2:04pm | 45,207 notes
"Que a felicidade não dependa do tempo, nem da paisagem, nem da sorte, nem do dinheiro. Que ela possa vir com toda a simplicidade, de dentro para fora, de cada um para todos. Que as pessoas saibam falar, calar, e acima de tudo ouvir. Que tenham amor ou então sintam falta de não tê-lo. Que tenham ideais e medo de perdê-lo. Que amem ao próximo e respeitem sua dor. Para que tenhamos certeza de que: Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade." Carlos Drummond de Andrade  (via superador)

(Source: momentos-so-meus)

25/10/12 | 3:26pm | 23,075 notes
"É horrível, sabe? É horrível sentir falta das nossas conversas, das tuas palhaçadas, do teu jeito idiota, das palavras que eu imaginei serem reais da tua parte. É horrível ter me apegado tanto, tanto a você e ter que me desprender de uma hora para outra. É horrível fingir estar bem para tu não perceber o quanto tuas atitudes me afetaram. É horrível deitar a cabeça no travesseiro e não conseguir desviar os pensamentos do tempo em que eu era feliz do teu lado. É horrível tentar te esquecer às pressas numa tentativa desesperada de mostrar para todos que não me importo mais com você. Eu sinto falta do que nós éramos todos os dias, mas passa. Vou me acostumar a ficar sem você." Germana K. (icanbeyourcocaine)

(Source: icanbeyourcocaine)

via cig4no
25/10/12 | 3:24pm | 8,186 notes
Eu percebo quando você tá diferente comigo.

(Source: d-esabituado)

25/10/12 | 3:23pm | 62,819 notes
"Foi fácil? Dizer todas aquelas suas frases clichês, que vou te contar… me enganou direitinho! Pra parar de sentir frio, a gente se cobre. Pra parar de sentir calor, a gente tenta se refrescar. Pra parar de enxergar, tapamos os olhos. E pra parar de sentir saudades, o que a gente faz? Como fechamos o coração? Acho que não dá. A gente pode tropeçar e cair de cara no chão, ralando a mão ou as pernas, mas isso não dói tanto quanto a saudade. É difícil, eu sei que é, qual dor é fácil a ser superada afinal? Eu faria tudo pra não te perder, e não desistir. E você sabe disso, mas não colabora. Estou desistindo, ok? Acho que assim será melhor, eu prefiro não ter nada do que só a metade. Eu consegui aprender a precisar de você em todos os momentos, consigo aprender a esquecer você também. Só queria que você soubesse que quando você precisava de alguém para te apoiar, quem estava lá com você era eu. E mesmo assim, eu era como sua reserva… era como se você só me procurasse quando ninguém mais queria saber de você. A pessoa que eu realmente gostei, não está mais comigo, foi substituída por você. E quer saber? Desse seu “você” eu não gosto nem um pouco." Remand0 (via remand0)

(Source: maresiadhr)

22/10/12 | 12:46pm | 125 notes
"Talvez eu até esteja errada, mas que se dane. Se uma pessoa não tem paciência nem pra conquistar minha confiança e afastar meus medos, o que eu posso esperar então? Sou quebra-cabeça de 500 mil peças, quem não tiver capacidade, tenta um jogo mais fácil. Eu supero e agradeço." Tati Bernardi.   (via tua-paixao)

(Source: auroriar)

22/10/12 | 12:37pm | 84,276 notes

1 of 51 »
theme by fusels.